Projetos e Técnicas Carreira Soft Skills Frameworks MICRO Learning
Quiz e Testes Guias, Ebooks, e Resumos Podcast DT 2.0

Com essas mudanças no seu Currículo  suas chances em Processos Seletivos vão triplicar

Por: Lucas Rana

10 de Agosto de 2017, às 03:31

Carreira

Com essas mudanças no seu Currículo suas chances em Processos Seletivos vão triplicar

Se você já caiu fora de algum processo seletivo na etapa de seleção de currículo, eu tenho uma notícia pra você: com 99% de certeza não foi "falta de coisas" no currículo, mas sim a forma que você escreveu e estruturou o danado CV. Você procurou no google "modelo currículo",  achou um modelo e fez seu CV? Então, sorry, todos estão bem zuados...

Depois de realizar mais de 10 processos seletivos para contratar profissionais e estagiários na Dinâmica Treinamentos, eu posso te falar com propriedade que o currículo é EXTREMAMENTE importante, ele é sua carta de entrada, se tiver todo desorganizado, layout horroroso, com página em branco no final, erro de português, ...., a pessoa está OUT do processo. Não é "frescura", é uma questão de BOM SENSO.

Paralelamente, nossos alunos e ex-alunos mandam "trocentos" mil CVs pra gente olhar e falar "se tá BAUM ou NÃO??" e como toda minha delicadeza falo sempre a verdade nua e crua :P

Então, pra facilitar a vida de todos, e contribuir de uma maneira mais abrangente, escrevi este BELO artigo (só pra não usar a palavra TOP! rs)

Vamos começar fazendo uma listinha do que você precisa se atentar no currículo:

                     1. Layout / Template / Modelo (ou como queira chamar)
                     2. Objetivo
                    3. Estruturação básica - as partes do Currículo (idioma, formação, ...)
                    4. Número de páginas 
                    5. Pirlin pin pin (vocês entenderam né?! rs) - Os segredinhos mágicos do CV perfeito

Bora lá...

1. Layout do Currículo

O layout precisa estar impecável, com boa diagramação, e os "espaços em branco" bem distribuídos. Abra o Word, e antes de escrever qualquer coisa, pense como vai ser a divisão das coisas, e crie uma "TABELONA" (relaxa, depois você vai tirar as bordas, e ninguém vai ver isso). Dá um look:

Pra você não ficar chorando ai, eu vou te mostrar modelos bem legais de Layout, e no final do artigo eu tenho um presente pra você.

Modelos bem legais:

 

2. Objetivo

Outro ponto essencial é o objetivo. Essa parte, como nome já diz, é para ser OBJETIVO, não é pra escrever "quero contribuir para o desenvolvimento da empresa, com minhas habilidades, e bla bla blá...". Nessa parte você precisa direcionar o cargo e a área que almeja. Por exemplo:

     Objetivo: Estágio na área de Supply Chain

     Objetivo: Estágio na área de Engenharia de Processo e/ou Melhoria Contínua

     Objetivo: Trainee/ Eng. Jr. na área de Engenharia de Produto ou P&D

Não é para filosofar, mas para direcionar exatamente o que deseja. Facilite a vida do recrutador!

Uma observação fundamental é: não existe área com mesmo nome da sua graduação! (exceto algumas, mas.. ok). Vou te dar um exemplo do que estou querendo dizer:

     Objetivo: Estágio na área de Engenharia de Materiais

Amigo(a)?! Que área é essa??? Quando eu vejo isso fico imaginando um "estag" falando assim: Eu sou do setor ENGENHARIA DE MATERIAIS.  rs rs
Não faz isso amigo(a)... Se você não sabe a área que quer atuar, faça o quiz de carreira, urgentemente.

3. Estruturação / Divisões do Currículo

O que você precisa escrever no seu currículo? Precisa ter telefone? Idiomas? Quantas vezes você já foi pra Disney? Calma... Nem tanto.
Vamos organizar MUITO bem isso.

O que é essencial ter:

*Objetivo > Cargo que pretende e qual área (1 linha)
*Formação > Curso técnico, Faculdade, Faculdade (part-time) no exterior, curso de longa duração (>120h)
*Experiência Profissional > Cargos com experiências em empresas, conte mais dos projetos e resultados e menos de responsabilidades, cargos em entidades estudantis (EJ / CA / Projetos Voluntários)
*Idiomas > As línguas que domina, de básico a fluente
*Informática/Softwares > Os softwares e sistemas que domina, do básico ao avançado
*Informações de contato (email, telefone) > seu email, telefone fixo e celular
*Endereço > Endereço que você reside (ou endereço estratégico - caso a empresa queira candidatos de uma determinada cidade)

O que pode ter:

*Foto > Sua foto; Recomendado apenas quando a empresa pede CV com foto
*Resumo profissional > Sua graduação, especialidades e maiores experiências (2 a 3 linhas)
*Mídias sociais (facebook, linkedin) > link do facebook / linkedin - Caso seja estratégico, se você tem aquela foto de cara pintada no face, não coloque o link (faz sentido né?! rs)
*Cursos / Treinamentos > Cursos e treinamentos realizados, com carga horária e instituição
*Certificações > Certificação dada por empresas de renome (ex.: Microsoft - Certificado MOS; PMI - Certificado PMP, CAPM)
*Habilidades profissionais > Nível de conhecimento de grandes áreas (ex. finanças, contabilidade, estatística, lean)
*Projetos e Extensões > Projeto voluntário, Iniciação científica, coordenação de evento (ex.:semana de engenharia)
*Premiações > Medalha em olimpíadas, prêmios de empresas (ex. prêmio santander)
*Outras informações > Disponibilidade de viagens, mudança de cidade

Você vai escolher as divisões do seu currículo da seguinte forma: eu tenho algo para escrever sobre isso? Se for sim a resposta, você faz outra pergunta: vai fazer diferença para o recrutador ou para a vaga que estou me candidatando? Se sim, coloque a divisão. Caso contrário, melhor não se arriscar.

Um ponto importante é entender que não dá pra escrever uma história na "madrugada" que você está montando seu currículo. A história deve ser construída dia-a-dia, se você não participou de nada na faculdade, se você nunca teve experiência, se não tem fluência em um idioma, não vai ser HOJE que você vai resolver. Mas... Pode começar a partir de amanhã, certo? Se você precisa de um help de como construir essa história, dá um pulo aqui na trilha de carreira.


4. Número de páginas

Vou ser curto e grosso, 1 página de currículo para cada 10 anos de experiência. Um PhD pode ter 2 páginas, entendeu? Então, não tente encher de coisa o CV, isso pode ser bem pior.

obs: se o seu CV tem +1 página, para tudo e muda isso! Não adianta ficar bravinho(a)...

5. Os segredinhos mágicos do CV perfeito

Essa parte é bem legal. Os segredos de ter um CV perfeito é a história que você construiu, obviamente. Mas...

Segredo 1) Existem técnicas para escrever as coisas de uma maneira mais gostosa de se ler, a famosa gourmetização. Não é uma MEGA gourmetização, não é colocar MENTIRAS, mas sim escrever de maneira melhor e mais clara. Veja o exemplo:

Líder do Handball - Responsável pela organização dos treinos de handball.

Líder de Divisão Esportiva - Organização de atividades esportivas, gerenciamento de atletas, e coordenação dos trâmites de campeonatos interestaduais. Time Campeão 2 anos consecutivos.

Atente-se a mudança, algumas informações foram ocultadas, como handball. Por que: Quanto menos palavras "fora" do ambiente empresarial tiver no seu CV, melhor. Handball não é uma palavra se ouve muito no ambiente corporativo, não é mesmo?! E pelo mesmo motivo, algumas palavras foram inseridas, como gerenciamento, pelo mesmo motivo que a outra saiu, esta entrou pela familiaridade que o mundo empresarial a ouve.

Segredo 2) Só coloque idade no CV se você formou "jovem". Não é métrica nenhuma a sua idade, isso é um FATO, mas se você já está com 27 - 28 anos, eu já recomendo você não colocar sua idade. Estou falando para vagas de estágio ou trainee. Outras vagas, esse problema não acontece tanto.

Segredo 3) Data de formação na faculdade pesa muito, "estude" o que a empresa espera, e não mande algo fora dos requisitos dela.

Segredo 4) Não tem experiência profissional? Será mesmo? Muitas pessoas dizem para mim que não tem experiência, e quando eu pergunto diversas coisas eu descubro que ela participou de empresa júnior, centro acadêmico, projetos de extensão, atlética... Amigo(a), quando você não tem "experiência profissional em empresa", use essas entidades como suas experiências. Por exemplo: Gerente de Projeto na EJ, Diretor Financeiro da Comissão de Formatura, etc...

Segredo 5) Eu adoro esse :P -  Quando você não tem fluência em um idioma, ou quer ter um "vantajão" no quesito idiomas, utilize da barrinha de níveis, ou as bolinhas preenchidas. Dê uma olhada nisso:

 - 

Essa técnica você deixa subjetivo o nível no idioma, e isso pode "passar batido" ou deixar o recrutador na dúvida. Tenha em mente que não dá pra mentir que você sabe um idioma, depois você pode ser chamado para uma entrevista em inglês, alemão, já pensou? Essa é uma estratégia para passar, mas você precisa ter confiança e segurança para encarar os gestores depois.

Por fim...

Eu queria dizer pra vocês o seguinte: escreva histórias que você se orgulhe futuramente, e quando você sentar para escrever seu CV, você vai olhar e falar pra você mesmo - Parabéns! 
Eu me planejei desde cedo, e isso foi um diferencial pra mim. 
Não adianta "chorar" pelo passado, comece hoje a escrever suas histórias e se profissionalizar.

E como eu tinha prometido, aqui está o presente para vocês > Layouts Prontos de CVs em Word.


Um abração, espero ter ajudado vocês!

- - - - 
Lucas Rana, Master Black Belt e Sócio Diretor da Dinâmica Treinamentos
lucasrana@dinamicatreinamentos.com

 

 

Quer receber mais conteúdos brilhantes como esses?

Cadastre-se para receber os nosso conteúdos por email e seja um Profissional Qualificado pela Dinâmica Treinamentos!

O blog da Equipe Dinâmica Treinamentos tem ajudado centenas de universitários a atingirem seus melhores objetivos. Nós queremos ajudar você também.