Entrevista com gestor

Você passou por todas as etapas possíveis do processo seletivo, desenvolveu soft skills, passou na frente com um case bem resolvido, e chegou na etapa decisiva: a entrevista com o gestor! E agora?

Para começar, é preciso ter Rapport. A conexão com o entrevistador é importante para passar confiança, para que ele goste de você, te ache bom para a área em questão e te ache uma pessoa legal.

Tente se conectar de alguma forma, talvez com um time em comum, um curso, uma viagem… algo que faça com que tenha uma descontração entre vocês e ao mesmo tempo uma conexão. Preste atenção no estilo do seu entrevistador, e “entre na dança”.

Outro fator muito importante é a sua habilidade em sair de situações inusitadas que lhe são propostas. Treine a sua negociação para adquirir a habilidade de improvisação caso você precise “sair” de uma situação inesperada ou pergunta em uma entrevista.

Em uma entrevista, independente se seja com o CEO ou o gestor, procure mostrar interesse, fale com propriedade, sem moleza! Ao responder uma pergunta, fale o nome do entrevistador por exemplo: “Então João, eu tenho a percepção…” “sim, João, eu gosto de”, e por aí vai.

Vamos falar agora sobre algumas perguntas comuns que praticamente em todas as entrevistas são feitas:

  • Qual seu maior desafio?
  • Como você se vê em 5 anos?
  • Cite 3 defeitos
  • O que te faz no tempo livre?

Para respondê-las tenha “força de vontade”, conte a história toda e mexa com a vontade de saber mais do gestor que lhe entrevistar. Use storytelling.

Tenha o bom senso, no caso da segunda pergunta por exemplo, é imprescindível que você fale que daqui há 5 anos você espera estar em tal cargo dentro da empresa, porque não faz sentido você estar em uma entrevista se você não se vê nesta empresa no futuro!

Em relação aos defeitos, tome cuidado para não ser clichê! E ao mesmo tempo não seja cara de pau, por exemplo em dizer que seu maior defeito é ser preguiçoso!! Pense bem e seja verdadeiro, porém muito cuidado com o que irá dizer.

Seus hobbies importam sim, desde que sejam coisas normais, você não vai dizer por exemplo que gosta de pichar um muro nas horas vagas não é mesmo? (rs) então mais uma vez a dica do BOM SENSO vale ouro!

A grande sacada não está em decorar ou se planejar para a entrevista e sim focar em 4 pontos:

  1. Conhecer a empresa
  2. Se conhecer
  3. Se sair bem nas perguntas
  4. Ter Rapport

E por último e não menos importante a dica crucial: SEJA SIMPÁTICO E SORRIA!

Existem inúmeros tipos de perguntas que o entrevistador pode te fazer. Das mais comuns às mais inusitadas. Prepare-se para todas as possibilidades.

Para te ajudar com isso, separamos um material fod*, e o melhor, GRATUITO!

Clique no botão abaixo e faça download do nosso Guia de Perguntas para Entrevistas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *