Um cérebro e um coração desenhado com barbante.
Inteligência emocional

Na vida e em qualquer profissão não basta apenas tem competência técnica e talento, você precisa saber lidar com pessoas. A Inteligência emocional está ligado ao modo como você enfrenta situações embaraçosas e que necessitam de paciência e sabedoria, e é a nossa capacidade de identificar emoções em si mesmo e no outro e como lidamos com ambas.

Ter inteligência emocional significa saber ouvir, comunicar-se bem, ter iniciativa, ser persistente e lidar com frustrações. Essa habilidade pode ser considerada uma soft skill, já que não aprendemos em sala de aula, e sim precisamos entender, desenvolver e treinar.

Algumas técnicas podem te ajudar a desenvolver a inteligência emocional a partir de agora:

  • Observe e analise seu comportamento: É importante que você se conheça, este é o primeiro passo.
  • Coloque em prática a resiliência: Se adapte a mudanças e veja como podem fazer muito bem em determinadas situações.
  • Conheça seus limites: À medida que você avança em autoconhecimento, automaticamente você descobre seus limites e pontos fracos.
  • Cuidado com impulsos: Pense e formule uma resposta ao invés de reagir negativamente a alguma situação por impulso.
  • Pratique a meditação: Quando se pratica a meditação, automaticamente você viabiliza o controle de suas emoções, assim desenvolve o autocontrole.
  • Aumente sua autoconfiança: Acredite no seu potencial e em suas habilidades, isso fortalece a ideia de que você tem a capacidade necessária para gerenciar os momentos de crise e superar as dificuldades.
  • Tenha empatia: Já ouviu falar sobre se colocar no lugar do outro? Isso pode mudar a realidade das pessoas até mesmo em seu ambiente de trabalho.
  • Não tenha medo de se expressar: No âmbito corporativo, muitas vezes, não sabemos expor nossas opiniões sobre as decisões, por isso, não tenha vergonha de dizer o que pensa e expor sua opinião.
  • Lide com a pressão: Não deixe que a ansiedade tome conta de você, por isso saiba priorizar o que é mais importante e não deixar a pressão de chefe ou de pessoas que devemos prestar contas gere sentimentos negativos, atrapalhando assim seu desempenho.
  • Não dê espaço a emoções negativas: Quando essas emoções nos acometem de forma intensa e ficam em nosso interior por um longo período, prejudicam nossa estabilidade. Por isso é preciso dominá-las e não permitir que elas nos controlem.

Praticar a inteligência emocional traz melhorias para sua saúde mental, como pensamento e raciocínio, controle das suas próprias emoções e emoções alheias, além de melhorar relacionamentos interpessoais e competências profissionais. Com isso, a chance de você desenvolver depressão ou até mesmo doenças psicológicas são praticamente nulas.

Torne as práticas de Inteligência Emocional hábitos em sua vida, e para complementar sua leitura, leia também nosso artigo sobre Mindset. Em nosso curso de Hard Work Power, você pode se aprofundar mais neste assunto. Porque não dá uma passadinha lá e confere um pouco mais de como funciona esse curso? Espero ter ajudado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *