Dois Belts certificados em lean Six Sigma andando na linha de produção de uma fábrica.

Que o Lean é uma ferramenta que busca reduzir perdas, excluir o que não agrega valor ao cliente e aumentar a velocidade de produção nas empresas já sabe não é mesmo? Mas você sabe como ele aplicá-lo, junto com o Six Sigma, na produção de uma empresa?

O principal objetivo no Lean é aumentar a produtividade com o menor número de recursos, sem diminuir ou afetar a qualidade. Para isso o método utiliza ferramentas a fim de eliminar qualquer tipo de desperdício dos processos produtivos, tanto em relação aos materiais ou ao tempo da linha de montagem. Geralmente é comum aplicar práticas que mantém os estoques reduzidos ao máximo, já que em empresas que a produção é feita sob demanda não há excesso de produção para armazenar.

Aumentar a produtividade pode soar como diminuir a qualidade, mas é muito pelo contrário, manter a qualidade é uma das prioridades em uma empresa que adota o Lean. Cada colaborador passa por treinamentos onde aprendem a solucionar qualquer irregularidade durante a fabricação. Neste modo, o responsável da máquina deve interromper a operação para corrigir o problema assim que surgir o primeiro erro ao invés de esperar terminar a linha de produção para verificar se houve defeitos, como acontece normalmente em outros sistemas.

Como o foco do Lean é eliminar desperdícios e aumentar a produtividade, o sistema nos ajuda a como encontrar essas falhas na produção e identificar o que está diminuindo a produtividade da empresa. Para identificar os desperdícios, são estudados 7 pontos, são eles: Defeitos, Excesso de produção, Estoques, Processos em excesso, Movimentação, Transporte Espera.

Para o aumento da produtividade são usadas também ferramentas, e são elas: Mapeamento do fluxo de valor, SIPOC, Métricas Lean, Kaizen, Kanban, Padronização, 5S, Redução de Setup, TPM (Total Productive Maintenance), Gestão visual e Poka-Yoke (Mistake Proofing).

Para você conseguir entender como cada uma destas ferramentas funcionam, vamos deixar aqui uma resolução de case, assim você pode entender melhor como funciona cada etapa do processo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *